Mototaxista é assassinado com tiro no peito após reagir a assalto

Manaus – O mototaxista Francisco Aguiar Filho, 44, foi morto, na manhã desta quarta-feira (14), com um tiro no peito, após reagir ao assalto, na Rua Dom João Batista Gonçalves, no conjunto João Paulo II, na zona norte de Manaus. O suspeito, que ainda não foi identificado, levou, segundo o cabo Albuquerque da 15a Companhia Interativa Comunintária (Cicom), a moto  de Francisco.

O crime ocorreu, de acordo com a polícia, por volta das 10h. Conforme o filho da vítima, Fagner dos Santos, 16, o pai costumava alugar a moto para trabalhar e ganhar uma renda extra como mototaxista.

“A informação que a gente tem é que ele tentou reagir quando tentaram levar moto e acabou morto”, afirmou o cabo.

Conforme um dos amigos de Francisco, o pedreiro Jackson Vicente, 35, além de mototaxista, a vítima era vendedor de picolé no bairro.

“Ele estava só ganhando uma renda extra e deu o azar de pegar um vagabundo”, disse o amigo.

Vizinhos e colegas do mototaxista lamentavam o ocorrido próximo ao corpo.

“Meu pai saiu cedo para trabalhar. Eu nem vi quando ele saiu, agora, foram me avisar disso”, disse o filho.

ver mais notícias