Irmã de traficante tenta entrar em presídio com droga escondida e é presa

A irmã de um traficante foi presa em flagrante no final da tarde de sábado, 6, quando tentou entrar na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, com droga escondida debaixo da bateria de um tablete de 7 polegadas.
Os policias do Serviço de Guarda deram voz de prisão à diarista Luciane Rolim de Matos, 30, no momento em que agentes penitenciários foram revistar a sacola com roupas e alimentos que ela trazia para seu irmão, Jandeilson Rolim Igrejas.
De acordo com os policiais, a droga encontrada era skunk, conhecida como supermaconha, e depois de ser levada para ser autuada em flagrante delito no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), a diarista confessou que um colega de seu irmão pagaria R$ 200,00 a cada porção de droga que ela trouxesse para ele na Cadeia Pública.

A porção de droga estava escondida em um tablete (Foto: Divulgação)
Depois de aceitar servir de “mula”, Luciane Rolim teve de encontrar um jeito de esconder a droga que levaria para a Vidal Pessoa e optou por amassar a maconha para esconder debaixo da bateria do seu tablete, que também foi apreendido juntamente com droga e apresentados na delegacia, como provas materiais do crime.
Depois dos procedimentos cabíveis e de ser autuada em flagrante delito no 1º DIP, a diarista foi encaminhada ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), ainda na tarde de sábado.

ver mais notícias