Idoso é encontrado morto na BR-174 com perfuração na região frontal da cabeça

O idoso Silvino Souza Soares Filho, 61, foi encontrado morto, na manhã deste domingo (7), em uma construção, situada na comunidade São João, no km 4 da BR-174. Segundo a Polícia Civil, a vítima apresentava uma perfuração na região frontal da cabeça, que indica que os suspeitos bateram a cabeça da vítima no chão ou furaram com faca.
 

Já a família do idoso não acredita na hipótese de assassinato. Conforme a amiga da vítima, a funcionária pública, Aida Moreno, 63, por volta das 6h de hoje, ela pediu para um amigo chamar Silvino para tomar café, uma vez que a vítima tinha consumido bebidas alcoólicas a noite toda e dormia na construção.

“Quando o meu amigo voltou, avisou que o Silvino estava com um machucado no rosto e tinha muito sangue no local. Não sabemos o que aconteceu, até porque ontem a noite vimos ele e tudo estava normal. O Silvino bebia muito, não tinha dinheiro e vivia dormindo na rua. Não sabemos o motivo de alguém ter feito isso com ele”, informou.

A irmã de Silvino, Raimunda Souza afirmou que não via a vítima há uma semana e como o idoso era alcoólatra, ele saía da casa dela para ir até a comunidade, onde costumava beber com os amigos.

“Ele já não ficava sóbrio há algum tempo. Eu não gostava que ele saísse de casa e viesse para a comunidade por conta disso. Ele não tinha inimigos, conhecia todo mundo e sei que algumas pessoas até davam dinheiro para ele”, disse.

De acordo com um perito do Instituto de Criminalistica (IC), não existe a possibilidade do ferimento na cabeça de Silvino ter sido causado por uma queda, uma vez que a perfuração era profunda. Há indícios que ele foi morto ainda na noite de sábado.

O caso foi registrado na Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS).

Com informações do Emtempo

ver mais notícias