Homem é preso por exploração sexual em Coari

O comandante de embarcação Maurício Pereira da Silva, 30, foi preso, na quarta-feira (9), suspeito de envolvimento na exploração sexual de duas adolescentes, de 14 e 16 anos,  em Coari (a 363 Km de Manaus), segundo o delegado Mauro Duarte, da Delegacia Interativa de  Polícia (DIP) de Coari.

Conforme o delegado, as adolescentes eram agenciadas para prostituição pela manicure Ariely Souza do Nascimento, 26,  presa na segunda-feira (6). Conforme a Polícia Civil (PC), ela cobrava até R$ 300 por programas feitos pelas adolescentes.

Segundo o delegado, Maurício foi preso em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo juiz plantonista de Coari, Fábio Lopes Alfaia, após Maurício ameaçar de morte a adolescente, de 16 anos, depois de ela prestar depoimento sobre o caso.

De acordo com Duarte, na última segunda-feira, Maurício ficou esperando a adolescente sair da delegacia, acompanhada da mãe, para fazer as ameaças. “O Maurício negou fazer programas com as adolescentes, porém, as duas o reconheceram como um dos homens com quem fizeram programas várias vezes”, disse o delegado.

Maurício foi indiciado por exploração sexual, segundo explicou o delegado Mauro Duarte.

Informação D24

ver mais notícias