Foragido que aparece em rede social comendo 'jaca' durante fuga do Ipat é preso

O foragido do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat). Gledson Tiago Castro de Oliveira, 29, foi recapturado, enquanto se preparava para fugir de Manaus, na tarde de terça-feira (10), na companhia da namorada, Jamile de Souza Oliveira, 23, que dava cobertura ao detento, segundo informou o aspirante a oficial da Polícia Militar (PM) Anderson Yamagata, da 2ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Gledson ficou famoso após o parceiro de fuga dele, o detento do Ipat Brayan Bremer (ainda foragido), postar uma foto no Facebook, mostrando a fuga dos dois presidiários que aparecem na imagem ainda sujos de barro.

De acordo com o aspirante Yamagata, Gledson e Jamile foram presos em flagrante na casa dela localizada próximo a um rip-rap na Rua São Vicente, bairro Morro da Liberdade, zona sul de Manaus.


Gledson aparece na foto comendo jaca com outros foragidos
Foto: Reprodução

A denúncia anônima que a 2ª Cicom recebeu era de que havia três foragidos na casa de Jamile, mas apenas Gledson foi flagrado no local na companhia de Jamile, segundo o aspirante.

“Ele (Gledson) se preparava para fugir. Um colega dele tinha deixado R$ 100 para ele sair”, disse Yamagata, acrescentando que Gledson informou que pegou uma kombi, tipo lotação, e veio para a Manaus, após ter fugido do Ipat.

Perguntado sobre o paradeiro do companheiro de fuga, Brayan Bremer, Gledson disse que conheceu o detento no Ipat e que se separou dele durante a fuga, segundo o aspirante. “Ele não falou sobre o paradeiro do Brayan e não falou sobre o local da foto”, disse o policial.

No local da prisão, conforme o aspirante, foram apreendidos cinco porções de cocaína, quatro de maconha e R$ 30 em espécie. A prisão do casal foi registrada no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na zona sul, para onde eles foram levados e vão responder por tráfico e associação para o tráfico.
Além da fotografia mostrando a fuga, o detento foragido do Ipat Brayan Bremer publicou uma segunda imagem, no Facebook, informando que iria seguir para Maués. Após a repercussão acerca das fotos, o detento Brayan Bremer deletou as postagens do perfil dele na rede social.

ver mais notícias