Dupla é presa por matar caseiro durante assalto a chácara, em Manaus

Israel Medeiros da Silva, 32, e Wellington Palheta do Nascimento, 29, foram presos pelo assassinato de um caseiro, de 48 anos, durante um assalto a uma chácara no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, em abril deste ano. Um outro envolvido no crime acabou morrendo durante as investigações e outros 3 ainda seguem foragidos.

Durante as investigações, a Polícia descobriu que a dupla era amiga do caseiro, e que costumavam sair juntos. No dia do crime, os dois criminosos levaram mulheres para a chácara onde o caseiro trabalhava, e quando lá chegaram, viram objetos de valor e decidiram praticar o assalto. O caseiro tentou impedi-los, travou uma luta corporal e acabou morrendo esfaqueado no pescoço.

O Delegado Rodrigo Sá, do 20° Distrito Integrado de Polícia (DIP), conta que os meliantes foram encontrados através de um chip encontrado no local do crime. “Com o chip, chegamos a identificação do celular da vítima que foi levado do local. Foi constatado que, minutos após o crime, Israel foi o primeiro a receber o celular e em seguida uma mulher comprou dele. Conseguimos todos os registros de uso do celular como ligações e mensagens. Em um intervalo de pouco tempo, o caseiro usou o celular e, em seguida já estava com Israel”, explica o delegado.

A dupla presa nega o crime. Eles foram indiciados por latrocínio e associação criminosa, e devem ser encaminhados para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irão permanecer à disposição da Justiça.

ver mais notícias