DRFV em uma ação coordenada pelo Delegado Péricles do Nascimento, prende quadrilha

A Equipe da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos – DRFV em uma ação coordenada pelo Delegado Titular Péricles do Nascimento, prendeu pelos CRIMES DE ROUBO MAJORADO E ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA no dia 31/05/2017, na Invasão conhecida como Carlos Braga – Buritizal, localizada no Conjunto Nova Cidade, Bairro Cidade Nova, Manaus/AM, os bandidos WALDEMAR TORRES DE SOUZA NETO, Vulgo “NETO” (28 anos), FÁBIO RODRIGUES DE LIMA, Vulgo “LOIRINHO” (32 anos), FRANCISCO WALLEN SOUZA LIMA, Vulgo “PILOTO” (23 anos); na Rua Coari Bairro Terra Nova II FRANK RODRIGUES DE MELO, Vulgo “FRANK” (26 anos); na Rua Santa Helena Bairro São Raimundo, BISMARK MIRANDA DO NASCIMENTO (27 anos).

Segundo o delegado Péricles, os presos estavam sendo investigados após o roubo do veículo PLACA OAN-9023, Sandero, Cor Prata, fato ocorrido no dia 27/05/2017, sendo o veículo localizado posteriormente por esta especializada no dia 30/05/2017 no SPA do Galileia. Logo após o fato, a equipe conseguiu identificar todos os indivíduos que participaram da ação.

No dia 01/06/2017, foi recuperado o veículo FIAT UNO de Placa OAD 7163 com restrição de Roubado e ostentava Placa NOU 1684 (Clonado), estava em posse do bandido BISMARK DE MIRANDA DO NASCIMENTO (27 anos) preso por RECEPTAÇÃO e USO DE DOCUMENTO FALSO no Bairro São Raimundo

Durante as prisões, os investigadores descobriram outros veículos que foram roubados pelo bando, sendo que cada preso tinha participação pré-definida na ação delituosa conforme a seguir.

FRANK era o responsável pelo fornecimento do armamento aos demais integrantes. Na ocasião, ele cobrava um valor em espécie por cada ação da quadrilha; WALLEN, vulgo PILOTO, era o responsável por conduzir os veículos roubados na ação; WALDEMAR, vulgo “NETO” e FÁBIO, vulgo “LOIRINHO”, anunciavam o assalto mediante arma de fogo.

Após o roubo e com os veículos das próprias vítimas, na fuga eles praticavam “arrastões” pela cidade e abandonavam o veículo posteriormente.

Após os procedimentos cartorários na especializada, todos foram conduzidos ao Centro de Detenção Provisório de Manaus – CDP, onde ficarão à disposição da justiça.

Com informações Assessoria

ver mais notícias