Criança de 10 anos dá à luz após ser estuprada por três homens no AM

Ainda segundo o delegado, cerca de um mês após o primeiro estupro, um segundo caso ocorreu com a mesma menina. Ela estava indo para escola em uma Kombi escolar, conduzida por um homem de 53 anos, quando foi violentada por ele.

“Durante o trajeto, o motorista da Kombi escolar pediu para que a menor o acompanhasse para pegar outras crianças no km 11 da estrada de Autazes. No meio do caminho, ele desviou o percurso para uma estrada vicinal e abusou da menor”.

Terceiro caso

Na ocasião, a menor estava grávida de 23 semanas. Durante o depoimento, a menina relatou também que ainda foi estuprada por um terceiro homem, também parente do padastro. A prisão do suspeito ainda depende de identificação.

“Esse caso foi registrado aqui na delegacia em janeiro. A vítima nos relatou que era estuprada desde os 10 anos, porém, em razão da criança já estar com 23 semanas de gravidez, o aborto sentimental não pôde ser realizado. Após ela ter dado à luz, foi ouvida novamente na delegacia. Nessa segunda oitiva, ela relatou o caso do terceiro suspeito,” explicou a delegada.

Juliana ressaltou que, para respaldar os autos do crime, foi colhido material genético do bebê, com a finalidade de identificar o pai. Após a prisão, os suspeitos serão encaminhados à Depca para prestar depoimentos. Por enquanto, os suspeitos continuam na carceragem da delegacia do Careiro.

ver mais notícias