Corpo de mulher grávida é encontrado no prédio da Santa Casa de Misericórdia em Manaus (imagens fortes)

Manaus – Um corpo de uma mulher grávida de oito meses, com duas perfurações no pescoço, foi encontrado, na manhã desta segunda-feira (19), dentro do prédio abandonado da Santa Casa de Misericórdia, na Rua 10 de Julho, no Centro.

A vítima, Leidiane de Souza Ferreira, 20, era moradora de rua e usuária de drogas, conforme a avó Sônia Maria Seixas de Moraes, 56.

Ainda segundo a avó de Leidiane, a família suspeita que o companheiro da neta, identificado apenas como ‘Sapo’, tenha cometido o homicídio. Ele vivia ameaçando a vítima e a explorava sexualmente para fazer prostituição.

“Ele (Sapo) não deixava ninguém falar com Leidiane. Tentei várias vezes tirar ela desse lugar (a Santa Casa de Misericórdia), mas não deixava. Era horrível, ele batia muito nela e já até furou uma vez com faca”, disse a avó.

A avó disse, ainda, que Leidiane Ferreira abandonou, há quatro anos, a casa onde morava com a família no Morro da Liberdade, após se envolver com drogas. Ela deixa uma filha de dois anos.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) e a polícia civil vai investigar o caso.

Imagens fortes 

ver mais notícias