Bomba!! Sobrinho de juíza vendia drogas sintéticas em festas 'Rave' foi preso junto com toda quadrilha em Manaus

Manaus – Sobrinho de Juíza e neto de Juiz aposentado, foi preso na tarde desta sexta-feira, 31/03 suspeito de vender drogas sintéticas em festa frequentada por jovens e adolescentes, a badalada “Rave”. 

MATHEUS RIBEIRO DE ARAÚJO é estudante de direito  e  LUCAS BATISTA GURGEL  que é estudante de Gastronomia foram presos também, EDMILSON OLIVEIRA DE LIMA , FELIPE ANTÔNIO PEREIRA ARAÚJO e THIAGO JOSÉ SOUZA MARTINS, uma quadrilha bem estruturada e de classe média eles são suspeitos de formar uma quadrilha para tráfico de drogas na capital. O caso foi registrado no 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

Segundo informações do tenente das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), Aldivan Rodrigues, a quadrilha foi descoberta após as prisões de Lucas e Felipe em um posto de combustíveis, no bairro Japiim, zona sul da capital. Em uma patrulha de rotina, policiais suspeitaram do comportamento dos jovens dentro de um veículo sedan preto no local e, durante a abordagem, apreenderam 100 comprimidos de ecstay e LSD. 

Os jovens informaram que a droga pertencia ao estudante de Direito, Matheus, e informaram a localização do suspeito. Policiais encontraram ele e Edmilson em um veículo que estava em frente ao Sesc, na zona centro-oeste da capital. Dentro do carro, policiais encontraram meio quilo de maconha tipo skunk.

Na casa do estudante de Direito, no conjunto Hileia 1, na zona centro-oeste da capital, a polícia apreendeu mais meio quilo de maconha e R$ 1 mil em espécie. Os suspeitos disseram que encomendavam a droga de Thiago e deram aos policiais a localização da casa do suspeito, no bairro Parque Dez de Novembro, onde a Rocam encontrou porções de maconha.

Os jovens disseram à polícia que encomendavam a droga de Thiago por meio de uma rede social e depois iam ao local marcado para receber a entrega. Em depoimento, os suspeitos disseram, ainda, que iriam vender os 100 comprimidos por R$ 2 mil. 

A delegada Aline Lima, do 16º DIP, informou que os jovens serão autuados por tráfico de drogas e associação para p tráfico de drogas. Neste sábado (1º), eles serão encaminhados a uma audiência de custódia.

ver mais notícias