Pedido negado: TSE mantém eleição para governador do Amazonas no dia 6 de agosto

   

O presidente em exercício do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, negou o pedido de adiamento do 1º turno da eleição suplementar para o dia 13 de agosto. Desta forma, tudo segue como antes; eleições no dia 6 de agosto.

A mudança da data de votação veio a pedido de seis partidos e coligações que alegaram que a suspensão e retomada do pleito pelo Superior Tribunal Federal (STF) reduziram o tempo de campanha dos candidatos que disputam o cargo.

A eleição havia sido suspensa após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski, no dia 28 de junho. Mas, na quarta-feira (6) o ministro Celso de Mello anulou a decisão anterior e manteve o pleito.

ver mais notícias