Pai é preso, suspeito de quebrar o maxilar do filho de 3 meses com soco

Bebê de três meses foi internado com fratura no queixo

O autor da agressão é o pai da criança, que tem 30 anos. Na madrugada deste sábado (1), os responsáveis da criança deram entrada no Hospital das Clínicas Samuel Libânio, no município de Pouso Alegre, alegando que a criança havia caído da cama.

O médico que atendeu a criança se lembrou que, há mais ou menos um mês, o mesmo casal tinha ido ao hospital e o bebê apresentava hematomas. Os pais fugiram do hospital, dispensando atendimento quando o médico acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar.

Desta vez, sem que eles soubessem, a polícia foi chamada. Assustada, a mãe de 22 anos assumiu que o pai deu um soco no rosto da criança, porque teria ficado nervoso com o choro dela. O homem foi preso em flagrante.

A mãe disse que todos os três filhos costumam apanhar do pai. Na delegacia, o pai assumiu que constantemente agride as crianças e disse estar arrependido. O bebê continua internado no hospital e deve passar por uma cirurgia.

ver mais notícias