Tsunami meteorológico 'engole' praia na Holanda; veja vídeo!

Um tsunami meteorológico pegou banhistas e moradores da cidade de Zandvoort, na Holanda, de surpresa na última segunda-feira (29). De acordo com informações da mídia local, o fenômeno, raro no país, aconteceu por volta das 5h45 do horário local.

De acordo com o professor David Tapping, do Observatório Geológico Britânico, o fenômeno se formou devido a uma mudança brusca nas condições climáticas estimuladas por uma grande tempestade que se aproximava da região. Com ela, o ar próximo ao solo se tornou mais frio do que nas camas de ar acima da terra, provocando uma mudança na pressão de ar que, junto aos fortes ventos, causando o tsunami meteorológico, ou meteotsunami.

“A maioria dos tsunamis são geológicos, nos quais você tem um movimento vertical no fundo do mar, que pode ser causado por um terremoto, como no Japão, em 2011, ou um deslizamento de terra”, explicou Tapping ao jornal inglês “Daily Mail”.

“Meteotsunami, no entanto, são criados pelo tempo. Você precisa de uma mudança pequena e rápida da pressão atmosférica de apenas alguns milibares (unidade de pressão). Se você tiver um desses, então ele pode alterar a elevação da superfície do mar por alguns centímetros. No fundo do oceano ele não seria perceptível, mas quando entra em águas rasas, enquanto o sistema meteorológico está se movendo na mesma velocidade, o nível do mar aumenta por vários metros”, finalizou.

De acordo com informações do “Daily Mail”, o último tsunami meteorológico registrado no país ocorreu em 2004 e 2006.

Uma filmagem, realizada por um homem em uma varanda de um resort próximo à praia, registrou o momento em que a onda com aproximadamente dois metros de comprimento chega à praia, arrastando barcos e guarda-sóis. Ao fundo, é possível ouvir o homem gritando “um tsunami” diversas vezes.

Assista: 

ver mais notícias