Ted Cruz define Carly Fiorina como sua vice, caso indicado pelos republicanos

WASHINGTON – Ainda mais distante do rival e favorito à nomeação republicana, Donald Trump, o senador Ted Cruz já escolheu quem será sua vice-presidente, caso acabe nomeado pelo partido: Carly Fiorina. A ex-presidente da gigante de tecnologia Hewlett-Packard chegou a participar das primárias republicanas, mas desistiu após maus resultados no início e já havia declarado apoio ao texano.

Cruz prometeu o anúncio oficial para a tarde de quarta-feira, um dia após ser massacrado por Trump e perder qualquer chance matemática de vencer a nomeação republicana através da conquista de delegados nas primárias. Agora, sua briga é para enfraquecer Trump e impedi-lo de alcançar um número mínimo de 1.237, o que forçaria uma disputa aberta na convenção nacional, em julho, onde um outro nome poderia disputar com Trump sem ter tido aval do voto popular.

Cruz tem apostado suas fichas em chegar fortalecido para a convenção nacional, contando que Trump não alcançará os 1.237 delegados. Para isso, fez campanhas em muitos estados para garantir fidelidade dos representantes que irão ao evento. Sua próxima meta é o estado de Indiana, que dá 57 delegados. No entanto, Trump está à frente nas pesquisas por lá.

ver mais notícias