Suspeito de assassinato de deputada britânica é descrito como solitário e quieto

LONDRES — Thomas Mair foi identificado por moradores de Birstall, na Inglaterra, como o homem que matou a deputada trabalhista Jo Cox nesta quinta-feira. Mair, de 52 anos, foi descrito por vizinhos como um homem solitário e discreto.

Embora a polícia ainda não tenha confirmado o nome do detido, sua casa foi revistada, segundo a imprensa britânica. Mair mora sozinho, não costuma receber visitas e gosta de jardinagem.

— Eu o conheço desde a juventude. Ele morava com a avó naquela casa, mas ela morreu há alguns anos. Ele é um pouco solitário. É chocante. Ele trabalhava nos jardins de todos — contou um vizinho que não quis se identificar. — Não tenho nada de ruim para falar dele.

Outro vizinho contou que Mair não costuma conversar muito, confirmando que era um morador antigo na área.

— Não posso acreditar. Seria a última pessoa em quem eu pensaria — disse outro.

ver mais notícias