Relicário que continha o cérebro de Dom Bosco é roubado na Itália

O cérebro estava guardado em uma caixa cheia de relíquias dentro do altar de uma basílica de Castelnuovo

As autoridades italianas investigam o roubo de um relicário que continha o cérebro de Dom Bosco, fundador da Congregação dos Salesianos, e que estava guardado numa basílica na província de Asti, no norte do país.

O órgão estava guardado em uma caixa cheia de relíquias dentro do altar maior da Basílica Salesiana Senhor Dom Bosco, localizada em Castelnuovo, cidade italiana que fica a 34 quilômetros de Turim.

Dom Bosco nasceu no dia 16 de agosto de 1815 em Castelnuovo e ficou reconhecido por seus trabalhos com jovens necessitados. Em 1859, já ordenado sacerdote da Igreja Católica, fundou a Congregação dos Salesianos. Ele morreu 29 anos depois, em Turim, e foi canonizado pelo papa Pio XI em 1934.

O órgão foi roubado 129 anos depois de sua morte.

 

ver mais notícias