Refugiados ateiam fogo no próprio corpo em protesto na Grécia

ATENAS — Dois refugiados atearam fogo nos próprios corpos em protesto nesta terça-feira no acampamento de Idomeni, na região da Macedônia, na Grécia. O ato desesperado aconteceu durante uma manifestação com cerca de 50 migrantes, que ocupam desde a segunda-feira uma ferrovia que cruza a região para exigir a abertura da fronteira da Grécia com a República da Macedônia.

Os dois manifestantes foram salvos por colegas, que conseguiram apagar o fogo. Em vídeo divulgado em redes sociais, é possível ver um deles sendo conduzido, envolto em uma manta, por um grupo de pessoas para uma ambulância.

Os refugiados prometem manter a ocupação na ferrovia até que alcancem o objetivo de cruzar para a Macedônia. E após a imolação, muitas pessoas se concentraram no local e se uniram à manifestação.

Nas últimas semanas, os protestos em Idomeni se intensificaram, sobretudo após a decisão de fechar definitivamente a fronteira da República da Macedônia a migrantes sírios e iraquianos. Até então, a restrição era apenas para afegãos.

A Grécia tem sido a principal porta de entrada de migrantes para o continente europeu. Estimativas apontam que o país tem mais de 52 mil refugiados, sendo o acampamento fronteiriço de Idomeni o maior, com 13.250 pessoas.

ver mais notícias