Rússia vai convocar Conselho de Segurança por temer operação turca na Síria

MOSCOU — A Rússia vai convocar nesta sexta-feira uma reunião do Conselho de Segurança da ONU para discutir o anúncio do governo turco de dar início a uma operação terrestre na Síria, informo o ministério de Relações Exteriores russo em um comunicado.

“A Rússia tem a intenção de convocar hoje uma reunião do Conselho de Segurança da ONU para debater este tema, e submeter um projeto de resolução que consiste em por fim a todas as ações que socavam a soberania e a integridade territorial da Síria”, indica a chancelaria russa.

Mais cedo, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, denunciou que armas fornecidas pelos Estados Unidos têm sido usadas contra civis por combatentes curdos, acusados pelo recente ataque em Ancara que deixou 28 mortos.

— Não temos nenhuma dúvida sobre o fato de que os responsáveis por este ataque foram as YPG (Unidades de Proteção do Povo Curdo) e o PYD (Partido de União Democrática) — disse Erdogan à imprensa, ressaltando que vai telefonar para Barack Obama para debater o assunto. — Vamos dizer a eles (líderes americanos) onde e como detonam as armas que eles fornecem a essas organizações.

O ataque de Ancara teve como alvo um comboio de ônibus militar no coração da capital, perto do quartel-general do exército e do parlamento.

ver mais notícias