CM7

     
 
 
Manaus, 17 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Mundo / Putin bate Dalai Lama e Papa entre as pessoas mais admiradas do mundo

Putin bate Dalai Lama e Papa entre as pessoas mais admiradas do mundo

Da redação | 09/05/2016 16:50

LONDRES — O presidente Vladimir Putin é mais admirado do que o Papa Francisco e o Dalai Lama, de acordo com uma pesquisa YouGov feita em 30 países. O estudo “Os mais admirados no mundo”, em 2016, coloca o presidente russo na 6ª posição entre os 20 primeiros colocados, enquanto o Dalai Lama aparece em 8º e o Pontífice em 13º. A colocação, no entanto, não foi suficiente para Putin bater Barack Obama: o americano está em 2º lugar.

A pergunta era simples: “Que homem ou mulher você mais admira entre as pessoas vivas?” As respostas foram usadas para compilar os 20 homens e as 20 mulheres mais citados. Uma lista com 10 pessoas locais populares foi adicionada em cada país.

Pelo segundo ano, Bill Gates abre a lista, sendo seguido por Obama, Xi Jinping, Jackie Chan e Stephen Hawking.

A mulher mais admirada do mundo é Angelina Jolie. Elizabeth II, Hillary Clinton, Oprah Winfrey e Michelle Obama completam as cinco primeiras. Ou seja, pode-se dizer que Hillary se saiu melhor do que Donald Trump, com quem deve disputar a Presidência dos EUA: enquanto ela é a 3ª entre as mulheres, ele ficou em 18º entre os homens. A rainha também pode comemorar: desbancou concorrentes mais novas, como a paquistanesa Malala Yousafzai e a birmanesa Aung San Suu Kyi.

Putin não foi bem apenas na votação na Rússia. Ele aparece bem posicionado nas pesquisas feitas em Egito, Arábia Saudita e Marrocos. O Papa, por sua vez, foi um dos que mais perderam posições: ele caiu de 6º para 13º, no que foi visto pelo YouGov como uma queda do entusiasmo inicial do público com o Pontífice. Já Xi Jingping conquistou sua colocação na pesquisa devido aos votos na populosa China.

Quem mais caiu na lista feminina foi Malala, ganhadora do Nobel da Paz, que desceu cinco posições. Para a organização, pode ser um reflexo de não estar tão presente agora nos noticiários.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA