Protesto termina com 400 presos em frente ao Capitólio dos EUA

WASHINGTON — Um protesto no Capitólio, sede da Câmara e do Senado dos EUA, em Washington, terminou com a prisão de mais de 400 manifestantes, segundo a polícia local. O ato desta segunda-feira pedia pelo fim da corrupção finaceira na política americana e a garantia de eleições livres e justas no país.

Nesta segunda-feira, os participantes da manifestação pacífica entoavam frases como “uma pessoa, um voto” e “abaixo o dinheiro na política” na porta de entrada do Capitólio.

A polícia conduziu uma prisão em massa na manifestação, levando mais de 400 pessoas dos degraus do Capitólio. Muitos manifestantes tiveram as mãos atadas em algemas de plástico — e, segundo autoridades, serão acusadas por causar incômodos, aglomeração e obstrução em Washington.

“Mais de 400 indivíduos foram presos por atividade de manifestação ilegal e estão sendo processadas segundo os procedimentos de prisão em massa”, disse a polícia do Capitólio em nota.

A iniciativa integra uma série de mobilizações convocadas para a próxima semana em Washington — que é chamada pelos grupos envolvidos de “Primavera da Democracia”. Segundo os organizadores, cerca de 3,5 mil pessoas de 33 estados americanos pretendiam participar dos protestos agendados para os próximos dias.

ver mais notícias