Premier turco confirma renúncia por divergências com Erdogan

ANCARA — O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, anunciou sua demissão do governo e da liderança do partido, o AKP, a partir de 22 de maio.

O AKP convocou um congresso extraordinário para esse dia, confirmando que o atual chefe do governo vai abandonar o cargo em rota de colisão com as ambições do presidente Recep Tayyip Erdogan.

A decisão foi tomada durante uma reunião extraordinária da direção do AKP em Ancara um dia depois do vazamento da notícia sobre uma ruptura entre Davutoglu e Erdogan, de acordo com uma emissora de televisão.

Erdogan acusa Davutoglu de lentidão para promover as alterações à Constituição para reforçar os poderes presidenciais.

ver mais notícias