Obama: Não vou deixar o terrorismo vencer

WASHINGTON — O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, voltou a lembrar as vítimas do ataque à boate Pulse, em Orlando, após se reunir nesta terça-feira com o Conselho de Segurança Nacional cujo tema foi o Estado Islâmico (EI).

— Eles não estão sozinhos. O povo americano, nossos aliados, amigos, pessoas de todo o mundo estão com eles — afirmou Obama em referência às vítimas da Pulse.

Sobre o EI, o presidente disse que os Estados Unidos mataram mais de 120 líderes e comandantes do grupo.

— Nossa mensagem é clara: se você atacar os Estados Unidos e os nossos aliados, não será seguro — acrescetou. — Não vou deixar o terrorismo vencer.

ver mais notícias