Mulher é arrastada após prender a mão na porta de metrô em Londres

LONDRES — Autoridades britânicas divulgaram nesta sexta-feira as imagens de uma mulher que foi arrastada ao longo de uma plataforma do metrô londrino após sua mão ter ficado presa na porta de um dos trens. Quando o metrô partiu, ela percorreu uma distância de quase 10 metros até que caiu no chão da estação de Harlington. A mulher não identificada sofreu ferimentos na cabeça e na parte superior do corpo, mas o acidente poderia ter sido bem pior se ela tivesse sido arrastada pelos trilhos.

Segundo o relatório das autoridades, o condutor do trem não sabia que a sua mão havia ficado presa na porta. Em sua cabine, ele recebeu um sinal de que as portas haviam sido fechadas e, por isso, iniciou a viagem. O episódio aconteceu em julho do ano passado.

“O condutor pode ter sido induzido a pensar que era seguro partir porque a luz de fecho da porta na sua cabine estava iluminada, indicando que as portas estavam fechadas e trancadas e, portanto, ele podia dar partida”, dizia o relatório.

Em 2014, outro incidente parecido aconteceu na mesma estação. Uma mulher prendeu seu cachecol nas portas e foi arrastada pela plataforma. Desde então, autoridades pedem que os passageiros tomem cuidado quando estiverem perto das portas dos trens.

ver mais notícias