Mr. Bean é contra o Brexit, mas Cruela de Vil é a favor

LONDRES – Com a aproximação do referendo que decidirá se o Reino Unido permanecerá na União Europeia, as campanhas ficam cada vez mais tensas. Para trazer mais leveza e bom humor ao debate, a plataforma de pesquisas YouGov lançou uma enquete para que o público opinasse sobre qual seria a posição em relação ao Brexit de personagens da ficção.

A babá com poderes mágicos Mary Poppins, a protagonista da comédia romântica Bridget Jones, o viajante do tempo Doctor Who, o espião James Bond e o desastrado Mr. Bean votariam a favor da permanência do Reino Unido no bloco econômico. Por outro lado, a pesquisa aponta que o detetive Sherlock Holmes, a vilã dos “101 Dálmatas” Cruela de Vil, o zelador escocês dos “Simpsons”, Willie, e o proprietário do hotel “Fawlty Towers”, interpretado por John Cleese, seriam a favor ao Brexit.

— Achamos que o público considerou que “os personagens bonzinhos” votariam pela permanência do Reino Unido — disse Joe Twyman, o responsável pelas pesquisas políticas e sociais do “YouGov”, que afirmou acreditar que as pessoas gostaram de falar do assunto de maneira mais descontraída, ainda mais em um momento no qual a campanha está marcada por exageros, argumentos simplistas e ataques pessoais.

Alguns personagens deixaram o público dividido. O protagonista da série de animação “Bob, o construtor” ficou com 22% dos votos para a permanência do Reino Unido, enquanto 21% dos entrevistados estimaram que ele seria a favor da saída. O mesmo aconteceu com a professora McGonagall, da saga Harry Potter, que tem uma diferença de apenas 3% entre os que acreditaram que ela votaria pelo “sim” e os que achavam que ela optaria pelo “não”.

ver mais notícias