Homem é baleado pela polícia após ameaçar explodir emissora nos EUA

BALTIMORE, EUA — Nesta quinta-feira, um homem foi baleado pela polícia na cidade americana de Baltimore após entrar na sede de uma televisão local e e ameaçar a todos afirmando que tinha uma bomba. Após dizer que explodiria o prédio da “Fox Baltimore”, o suspeito — que vestia uma fantasia de animal — foi atingido por tiros ao não obedecer às ordens de tirar as mãos do bolso. Mais tarde, a polícia descobriu que ele carregava falsos explosivos feitos de barras de chocolate embaladas com alumínio.

Segundo o site da emissora invadida, o suspeito entrou no local logo no início da tarde e exigiu que o canal falasse sobre uma suposta conspiração do governo em seu noticiário. O diretor de jornalismo da emissora, Mike Tomko, então pediu que ele entregasse o pen-drive que supostamente continha as informações sobre o caso para que o objeto passasse por procedimentos de segurança.

O suspeito, no entanto, não aceitou o pedido do diretor e fez ameaças de explosão. Após a chegada da polícia ao local, ele não obedeceu às ordens de tirar as mãos do bolso e foi baleado quando começou a caminhar em direção aos policiais.

A polícia afirmou que ele ainda estava vivo quando foi retirado do local do tiro. Mais tarde, autoridades enviaram um robô para examinar o suspeito e o material que ele carregava. Vestido em uma fantasia de animal, ele transportava, na verdade, falsos explosivos feitos de barras de chocolate embaladas com alumínio.

Segundo autoridades, o estado de saúde do suspeito é grave, porém estável. Tomko afirmou que o mesmo suspeito teria ameaçado um outro funcionário do canal no mesmo dia, mas não ofereceu mais detalhes.

ver mais notícias