Hillary: ‘Armas de guerra não têm lugar em nossas ruas’

WASHINGTON — A candidata democrata à Presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, defendeu nesta segunda-feira o maior controle sobre a venda de armas. Hillary afirmou que “armas de guerra não têm lugar nas ruas” do país. E disparou:

— Uma pessoa perigosa o bastante para embarcar num avião não pode ter permissão para comprar armas — disse.

Hillary afirmou ainda que é preciso evitar a radicalização pela internet.

Dirigindo-se à comunidade LGBT, alvo do ataque à boate gay Pulse, em Orlando, Hillary disse:

— Todos os membros da comunidade LGBT, você têm milhões de pessoas lhes apoiando.

ver mais notícias