‘Eu votei em mim’, diz britânico revoltado por zero votos em eleição

LONDRES — Um candidato britânico às eleições locais do condado de Kent, na Inglaterra, ficou indignado ao receber a notícia de que não havia sido registrado nenhum voto em seu favor. Isso porque Paul Dennis — condutor de trem que se candidatou pela coalizão socialista que atua na região — tem a certeza de que foi o escolhido de pelo menos um eleitor: ele mesmo.

Dennis ainda garante ter recebido os votos de seu pai e sua mulher, que haviam lhe apoiado durante a campanha. Na reunião de anúncio do vencedor da eleição, o britânico virou alvo de risadas ao protestar contra a contagem dos votos.

— Eu fui envergonhado por ser honesto. Foi um pouco humilhante, especialmente no trabalho — afirmou o condutor à imprensa local, sem desistir de contestar os resultados. — Pessoas vieram até mim e disseram: ‘eu votei em você’.

A coalizão de que Dennis faz parte tem demonstrado apoio ao seu candidato. A legenda acredita que seja impossível que a contagem de votos esteja correta — e responsabiliza as autoridades locais pelo episódio.

— A verdade é que Paul Dennis e todos que votaram por ele foram desconsiderados pelas autoridades locais. Todos os seus votos não foram levados em conta com total desprezo. Isso deve, portanto, pôr em dúvida a veracidade de toda a eleição — disse um porta-voz do partido ao jornal “The Mirror”.

O partido agora pede pela recontagem dos votos e promete que, se o resultado se mantiver com zero votos para Dennis, entrará com um pedido de investigação sobre o caso.

ver mais notícias