Dia da mentira é banido na China

WASHINGTON — Tradicionalmente, em 1º de abril comemora-se o dia da mentira. Na China, no entanto, esse antigo costume foi reprimido pelo governo. A agência de notícias estatal Xinhua anunciou nesta sexta-feira, 1, que “o dia da mentira não faz parte da tradição cultural ou dos valores socialistas”.

A medida faz parte de um esforço do Partido, que lançou uma campanha há três anos atrás para criminalizar a disseminação de rumores. O post da Xinhua sugere que quem desobedecer as ordens pode sofrer graves consequências. No entanto, alguns usuários de redes sociais não puderam conter as piadas sobre o caso.

“Todo dia é dia da mentira”, postou um internauta chinês. Outro comentou, “Esta é uma pegadinha da Xinhua, não percebem?”

ver mais notícias