Deslizamentos de terra deixam centenas de desaparecidos no Sri Lanka

COLOMBO — As equipes de emergência buscam nesta quarta-feira centenas de pessoas desaparecidas pelos deslizamentos de terra que atingiram três vilarejos no Sri Lanka. A Cruz Vermelha estima que mais de 200 famílias podem ter sido soterradas. Pelo menos 13 corpos foram recuperados, elevando para 35 o número de pessoas mortas pelas chuvas torrenciais que afetam o país há três dias.

Os corpos foram encontrados em duas localidades no distrito de Kegalle, uma zona montanhosa considerada de risco ao nordeste de Colombo. Mais de 60 casas ficaram debaixo de um mar de lama.

Quase 350 mil pessoas foram afetadas pelas inundações e 200 mil foram para abrigos de emergência.

O governo enviou o Exército para retirar pessoas em áreas de risco, com a força aérea e a marinha reforçando os trabalhos.

A chuva, causada por uma depressão na Baía de Bengala, deverão diminuir nesta quarta-feira, de acordo com os serviços meteorológicos.

ver mais notícias