Conselho Permanente da OEA discutirá crise da Venezuela

WASHINGTON — A crise da Venezuela será tema de uma reunião nesta terça-feira na Organização dos Estados Americanos (OEA). O ex-presidente do governo espanhol, José Luis Zapatero, falará ao Conselho Permanente da entidade, que reúne 34 países, sobre suas tentativas de mediação de um acordo entre o governo de Nicolas Maduro e a oposição venezuelana.

A reunião desta terça-feira servirá também para que os países comecem a debater novas ações sobre a Venezuela. Na quinta-feira, o Conselho Permanente do organismo decidirá se aplica ou não a Carta Democrática Interamericana no país.

O secretário-geral da OEA, Luís Almagro, pediu, no final de maio, este encontro especial para analisar a situação do país de Maduro. O objetivo é avaliar se há algum tipo de alteração constitucional que possa comprometer a democracia no país, evocando o documento.

Nesta reunião, poderão ser decididas novas frentes diplomáticas para tentar chegar a um acordo no país. Caso isso não prospere, a Venezuela poderá até ser suspensa do organismo internacional.

ver mais notícias