CM7

     
 
 
Manaus, 18 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Mundo / Christie, de opositor a mestre de cerimônias de Trump

Christie, de opositor a mestre de cerimônias de Trump

Da redação | 03/03/2016 07:20

WASHINGTON – Chris Christie, o governador de Nova Jersey, roubou a cena na Superterça: sua atuação em favor de Donald Trump mostra uma arriscada aposta do político. Na semana passada ele já havia passado de ex-oponente crítico a apoiador do bilionário, mas ontem serviu de mestre de cerimônias, fiador e escudeiro. Em um movimento ousado, pode se beneficiar como aliado de primeira hora, mas o custo pode ser sua sobrevivência política em casa.

Seis dos principais jornais de seu estado pediram abertamente que ele renuncie ao governo.

“Estamos fartos de arrogância do governador Chris Christie. Estamos fartos de seu oportunismo. Estamos fartos de sua hipocrisia”, afirmou um editorial conjunto de seis jornais, dizendo que se Christie não tomasse a medida, a população deveria se unir por uma nova eleição.

Se a situação já estava ruim, piorou após a aparição no discurso da vitória de Trump. Além de fazer a apresentação do magnata, o governador ficou todo o tempo atrás dele, em silêncio. Virou alvo de diversos memes na internet, que brincaram com sua cara fechada e sua função de “papagaio de pirata”.

Sua proximidade com Trump mostra que ele tenta um papel de destaque em um eventual governo ou até mesmo ser o candidato a vice-presidente na chapa do magnata. Trump já declarou que poderia ter um “político tradicional” como vice. Christie é o primeiro nome de peso do partido a apoiá-lo, dando certa legitimidade ao bilionário. Esse censo de oportunismo, contudo, não desagradou apenas a jornais e eleitores: colegas de partido se voltaram contra o governador, mostrando que, com a manobra arriscada, ele pode ficar cada vez mais isolado. Só resta a ele, agora, dobrar a aposta no magnata e torcer para que Trump se lembre e retribua sua recente conversão.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA