Brasileira presa por tráfico nas Filipinas diz "Eu não quero morrer!"

A goiana fez um apelo às autoridades do Brasil para que ajudem a voltar para o Brasil.

Yasmin Fernandes, de 20 anos, foi presa nas Filipinas em outubro do ano passado, sob a acusação de tentar desembarcar no país com 5,8 quilos de cocaína escondidos no forro de sua bagagem.

Ela concedeu a primeira entrevista a um veículo de imprensa desde que foi detida, há cinco meses. A entrevista foi ao ar no último domingo (5), no programa Fantástico, da Rede Globo.

A prisão de Yasmin ocorreu em 15 de outubro do ano passado, logo que ela desembarcou no aeroporto Ninoy Aquino, na capital Manila. A jovem vinha de São Paulo, num voo que fez escala em Dubai, nos Emirados Árabes.

Autoridades americanas sugeriram às equipes de segurança filipinas que vasculhassem a bagagem da brasileira. Há uma espécie de cooperação entres estes dois países para acabar com o tráfico internacional.

Os fiscais acataram a orientação e encontraram 5,8 kg de cocaína, escondidos num forro acolchoado da mala da passageira. O agente que atuou na operação conta que Yasmin ficou chocada na hora da abordagem.

O julgamento não tem data para ocorrer. Enquanto isso, a goiana fica em uma cela com mais de 70 presas, todas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas.

 

ver mais notícias