CM7

 
Manaus, 24 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Mundo / Ataque químico do Estado Islâmico mata menina e fere 600 no Iraque

Ataque químico do Estado Islâmico mata menina e fere 600 no Iraque

Da redação | 12/03/2016 18:40

BAGDÁ – O Estado Islâmico lançou dois ataques químicos na região da cidade de Kirkuk (norte do Iraque), segundo funcionários iraquianos. Neste sábado, o país informou que uma menina morreu e mais de 600 pessoas foram expostas, ficando feridas. Outras centenas teriam fugido da região para evitar a ameaça jihadista,

De acordo com funcionários médicos e de segurança, o ataque mais recente ocorreu no vilarejo de Taza, também atingido por foguetes com agentes químicos ainda não identificados.

Sameer Wais, pai da menina Fatima, de 3 anos, perdeu a filha após ela ser exposta ao material no foguete. Segundo ele, a menina ficou doente, mas parecia ter melhoras.

— Do nada, ela começou a piorar. Seu rosto inchou e seus olhos ficaram enormes. Depois sua pele escureceu e pedaços começaram a descamar. Na manhã, ela morreu — contou Sameer, citado por agências internacionais.

O Estado Islâmico já realizou ataques com gás mostarda e outros agentes químicos na Síria e no Iraque. Civis, rebeldes e forças do governo de Bashar al-Assad foram atingidos. Milhares de pessoas morreram em ataques semelhantes, pelos quais Assad também já foi acusado.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA