Após ataque em boate, Consulado-Geral do Brasil em Miami divulga linha telefônica de emergência

RIO — Apesar de ainda não haver confirmação de que há brasileiros entre as vítimas do ataque à boate gay Pulse, na Flórida, o Consulado-Geral do Brasil em Miami informou, em sua conta no Facebook, que se encontra em “regime de plantão” e “acompanha atentamente os fatos em Orlando”. A representação diplomática também divulgou, por meio da rede social, um contato telefônico de emergência: (305) 801-6201.

De acordo com o Ministério de Relações Exteriores do Brasil, não houve ainda qualquer notificação sobre vítimas do país no massacre ocorrido na madrugada de domingo.

Um atirador deixou cerca de 50 mortos, após abrir fogo dentro da boate voltada ao público LGBT e com temática latina. O autor morreu durante uma troca de tiros com a polícia e mais de 50 feridos foram levados ao hospital. O FBI classificou o ataque como “um ato de terrorismo” e informou que há suspeitas de que suposto autor, Omar Mateen, tinha “tendências” de relação com o Islã radical. O pai de Mateen contou à TV NBC ter presenciado comportamentos de repúdio do rapaz diante de casais homossexuais.

ver mais notícias