Airbus tem que escapar de três drones para aterrissar na Espanha

BILBAO – Um voo da Lufthansa teve que se esquivar de três drones que voavam a 900m de altura, em espaço aéreo protegido, quando tentava aterrissar na cidade espanhola de Bilbao. Segundo conversas de um piloto com a torre de controle no último sábado, ele teve dificuldades para chegar ao aeroporto Loiu por receio de acertar os objetos e correr o risco de sofrer um acidente.

A quase vítima de um acidente foi um Airbus A320 que ia de Frankfurt a Bilbao. Segundo o piloto, ele fez uma manobra evasiva ao avistar os objetos, já que tinha boa visibilidade e o dia estava claro.

O piloto não soube informar o tamanho dos drones. Mesmo um mais leve que acabasse atingido pelo avião em descenso, a 250 km/h, poderia causar sérios estragos se acertasse a fuselagem ou uma das turbinas. Como era capaz de voar a quase 1km de altitude, analistas especularam que fosse profissional, pesando 2 ou 3 quilos.

A polícia basca fez buscas pelos aparatos denunciados pelo piloto, mas não encontrou nenhum deles. Patrulhas em solo não também não encontraram possíveis donos do material. O caso continua sendo investigado pela polícia e pela Agência Espanhola de Navegação Aérea (Aesa), que detém o espaço aéreo restrito nas áreas aeroportuárias.

Pela lei espanhola, voos de drones não são permitidos a acima de 120 metros de altura, em um raio de 8 quilômetros de um aeroporto e nem em zonas densamente povoadas.

ver mais notícias