Mulher grávida de amante é morta após se recusar a fazer aborto


Nesta quarta-feira (24), uma mulher que estava desaparecida foi encontrada morta, em um canavial, próximo a uma estrada que liga Piracicaba a Tietê, cidades do interior de São Paulo.

A designer Denise Stella(31) estava grávida do amante e teria sido assassinada por ele após ter se recusado a fazer um aborto.
A vítima era gerente de uma fábrica de roupas. O suspeito, chefe da mulher, é casado e mantinha um relacionamento amoroso secreto com Denise.

ver mais notícias