Mulher forja sequestro, mata taxista e é presa em Salvador


Na manhã desta terça-feira (16) um casal foi preso suspeito de arquitetar a morte de um taxista na Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador.

A vítima, identificada como Rogério de Santana Souza (foto), 30 anos, foi executada a tiros, na quinta-feira (11).

Uma das suspeitas, Wilma Souza da Cruz, solicitou o serviço do taxista para levar currículos à instituição de ensino. No entanto, foi apenas um disfarce para assassinar Rogério. Na época, a mulher alegou ter sido sequestrada para encobrir a participação dela no crime.

Segundo informações, Wilma pretendia roubar o dinheiro do taxista, que tinha o costume de fazer rifas e portar o dinheiro com ele. A vítima foi interceptada pelo por Wilma e o comparsa e companheiro, Luiz Paulo Mouro da Silva, e morta a tiros pelo casal, dentro do estacionamento da UFBA.

ver mais notícias