Ministro que já soltou corruptos (e até um estuprador), manda soltar Eike Batista

Advogados entraram com o pedido alegando que não existem justificativa legal para que seja mantida a prisão preventiva

O polêmico ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), aceitou pedido de habeas corpus feito pela defesa do empresário Eike Batista nesta sexta-feira (28). Eike está preso preventivamente desde janeiro.

Advogados de Eike entraram com o pedido alegando que não existem justificativas legais para que seja mantida a prisão preventiva.

Para justificar a decisão, o ministro Gilmar Mendes afirmou que “o perigo que a liberdade do paciente representa à ordem pública ou à instrução criminal pode ser mitigado por medidas cautelares menos gravosas do que a prisão”.

O empresário foi preso depois de dois doleiros afirmarem que ele pagou US$ 16,5 milhões a Sérgio Cabral em propina.

Gilmar Mendes acumula polêmicas ao já ter mandado soltado corruptos e até estuprador

Gilmar Mendes manda soltar José Riva, o maior ficha suja do país, responde a mais de 100 ações na Justiça por corrupção e improbidade.

José Riva é ex-deputado estadual do Mato Grosso.

José Riva é ex-deputado estadual do Mato Grosso.

Gilmar Mendes manda soltar o médico estuprador Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão por 52 estupros e quatro tentativas de abuso a 39 mulheres, deixando as vítimas inconformadas.

Médico Roger Abdelmassih, acusado de 52 estupros.

Médico Roger Abdelmassih, acusado de 52 estupros.

Gilmar manda soltar Celso Pitta e Naji Nahas e de outras oito pessoas presas durante a Operação Satiagraha, da Polícia Federal, em 2009, há 7 anos atrás.

Gilmar Manda soltar Daniel Dantas, com direito a carta de repúdio dos procuradores da República.

Pitta, Dantas e Nahas

Pitta, Dantas e Nahas

Gilmar Manda soltar Cristina Meinick Ribeiro, condenada pela Justiça Federal do Rio de Janeiro por sumir com processos da Receita Federal contra a Globopar, controladora das Organizações Globo, pra mostrar que o povo é feito de bobo.

Gilmar Manda soltar Marcos Valério na operação Avalanche, acusado de facilitar a fabricação de inquérito falso. Para atacar dois agentes da Receita que haviam multado a cervejaria Petrópolis.

Marcos Valério

Marcos Valério

Gilmar Manda Soltar Paulo Sobrinho de Sá Cruz, comerciante envolvido em contratar prestadoras de serviço sem licitação e preso duas vezes na Operação Pasárgada, da Polícia Federal, em 2008.

Gilmar Mandes está na Lista de Furnas recebendo R$ 185 mil da campanha da reeleição de Eduardo Azeredo em 1998, operado por Marcos Valério, que Gilmar Manda Soltar em 2009.

Gilmar Mendes na Lista de Furnas.

Gilmar Mendes na Lista de Furnas.

ver mais notícias