Lula denuncia Sérgio Moro no Conselho Nacional de Justiça

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entraram com reclamação disciplinar contra o juiz Sergio Moro na última quarta-feira (10) no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
O documento, assinado também pelo próprio ex-presidente, os advogados pedem providências sobre a decisão de Moro de vetar a gravação independente da audiência.

A defesa de Lula havia solicitado gravação paralela à feita pela Justiça Federal antes da audiência entre o ex-presidente e o juiz responsável pela primeira instância da Operação Lava Jato.

Os advogados Cristiano Zanin e Roberto Teixeira pedem que o Juiz Sérgio Moro seja notificado para prestar informações em até 15 dias.
Eles solicitam, ainda, que “sejam adotadas as medidas previstas no Regimento Interno do CNJ, com a eventual imposição de sanções disciplinares” ao juiz.

ver mais notícias