Homem adota 22 crianças com HIV que foram abandonadas pelos pais

Família completa: “Papa Reji”, como é chamado pelos filhos, adotou 22 crianças portadoras de HIV que haviam sido abandonadas.

Pense em uma pessoa que personifique a palavra solidariedade. Pensou? Então pense de novo, porque graças a um indiano até então desconhecido do resto do mundo esta palavra teve seu significado atualizado.

Rajib Thomas mora em Mumbai, e transformou a sua própria casa em um verdadeiro centro de acolhida para crianças portadoras de HIV. Conhecido pelos pequenos pelo apelido carinhoso de “Papa Reji”, ele adotou 22 crianças que foram abandonadas pelos pais biológicos depois que estes descobriram que os filhos tinham HIV. Ele conta com a ajuda da companheira, Mini Reji, que toma conta da alimentação das crianças. O casal já tinha dois filhos, já adolescentes, e agora são pais de 24 crianças.

A história de Rajib despertou a atenção da imprensa internacional depois de um vídeo que o indiano postou em seu canal no YouTube, no qual ele apresenta sua nova família, e se transformou em uma ode à adoção como possibilidade de dar uma família a crianças negligenciadas. Em um relato concedido à pagina do projeto Humans Of Mumbai, Rajib conta como conheceu as crianças

“Certa noite, eu vi uma garota dormindo na rua. Fraca ao ponto de ser possível ver o formato de seus ossos. Descobri que ela era portadora do vírus HIV e havia perdido os pais. Eu perguntei se estava com fome e o que gostaria de comer e ela disse que queria macarrão. Não consegui encontrar, mas a prometi que voltaria no dia seguinte. Ela morreu naquela noite e esse acontecimento ficou me assombrando, então eu fui até o hospital e pedi que eles me contatassem caso tivessem qualquer outra criança nessa situação no futuro”, relembra.

Conheça a história de Papa Reji e inspire-se com seu gesto de amor:

ver mais notícias