Fachin tira de Moro investigações da Odebrecht contra Lula

Foi determinado por Fachin que a remessa das provas referentes a esse caso para a Justiça Federal do Distrito Federal

O relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Edson Fachin tirou do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, três casos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que tiveram origem nas delações premiadas de executivos e ex-funcionários da Odebrecht.

Fachin determinou a remessa das provas referentes a esse caso para a Justiça Federal do Distrito Federal, por se tratarem “de fatos que supostamente se passaram na capital da República”, escreveu o ministro no despacho divulgado nesta terça-feira (20).

 

ver mais notícias