Estado Islâmico assume autoria de ataque em Manchester


O grupo extremista Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque à bomba no show da cantora Ariana Grande, em Manchester, na Inglaterra, que deixou 22 mortos e 59 feridos, na madrugada desta terça-feira (23).
O ataque ocorreu na entrada da Manchester Arena, onde minutos antes tinha acabado o concerto da cantora.

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, tinha comunicado anteriormente que a identidade do homem-bomba já foi estabelecida, mas que seu nome não será tornado público por razões de segurança.

ver mais notícias