Dois homens foram condenados na Indonésia a 85 chibatadas por serem gays (Veja o vídeo)

Dois homens, de 20 e 23 anos, foram considerados culpados por violarem a lei sharia na província conservadora de Achém, na Indonésia.

Esta é uma punição comum para quem joga ou bebe em Achém, mas é a primeira vez que um açoitamento público é aprovado desde que leis contra a homossexualidade foram introduzidas na província, em 2014.
“Ficou comprovado que os réus praticaram sodomia e foram considerados culpados”, afirmou o juiz Khairil Jamal, em um comunicado. E os réus foram condenados a 85 pancadas de cana em público”.

Em março, os homens foram vistos juntos na cama na pensão onde estavam hospedados, na capital provincial Banda Achém. A polícia prendeu o casal, que disse viver um relacionamento e já ter realizado sexo três vezes.
Os homens chegaram à corte algemados um ao outro, cobrindo os rostos com panos para ocultar suas identidades dos jornalistas. Durante a audiência, inclinaram a cabeça e cobriram o rosto com as mãos. O pai de um dos réus, que pediu anonimato, disse que não sabia que seu filho era gay antes de ser pego. “Esta é uma provação para a nossa família”, disse ele. “Depois que este problema for resolvido, nós o enviaremos a um internato islâmico para ser educado para que ele não seja mais desviante”.

 

As imagens mostram os vigilantes chutando, dando tapas e insultando os homens.

 

ver mais notícias