Tradicional Peixaria do Jokka, frequentada por empresários e turistas, pode desabar a qualquer momento

O terreno da Peixaria do Jokka, um dos estabelecimentos mais tradicionais da cidade, está prestes a ceder, no bairro São Raimundo, na Zona Oeste de Manaus.  O problema é visto pelos clientes e amigos do Jokka como gravíssimo, já que o lugar virou rotina de encontros entre empresários, jornalistas e amigos.

O proprietário do restaurante, Joaquim Loureiro, conhecido como “Jokka”, comentou que sente medo em dormir na própria casa. Aproximadamente, segundo ele, dez famílias estão em situação de risco pela queda de um barranco na Rua São José. 

Jokka se preocupa que o restaurante, muito frequentado por amazonenses e turistas, possa ceder a qualquer momento. “Todos os dias aqui fica lotado. Me preocupo com o que pode acontecer”, completou.

 

De acordo com a direção do Departamento de Operações da Defesa Civil, a equipe técnica de engenharia do órgão foi ao local hoje pela parte da manhã, fez a vistoria de avaliação e deve preparar o relatório técnico da situação. O estudo deve ser finalizado a partir da próxima semana.

ver mais notícias