STJ afasta desembargadora envolvida com o crime organizado

A corte especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta manhã de quarta-feira, dia 15, por unanimidade, afastar a desembargadora Encarnação das Graças Sampaio Salgado, do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), por suspeita de envolvimento com o crime organizado no estado.

A suspensão preventiva é por seis meses, mas esse prazo pode ser prorrogado até que o mérito da acusação do processo seja julgado.

Encarnação é acusada de envolvimento com o crime organizado, principalmente a facção criminosa auto-intitulada Família do Norte (FDN). Segundo o Ministério Público Federal, a desembargadora é suspeita de receber vantagem ilícita em troca de decisão judicial.

Para o MPF, o afastamento se justifica pela “gravidade dos fatos” e para preservar confiança no poder Judiciário.

O relator do caso, ministro Raul Araújo, considerou que há indícios que justificam o afastamento de Encarnação, que ainda tentou argumentar que não havia ‘elemento de conduta capaz de autorizar o afastamento’.

Por unanimidade, STJ afasta desembargadora envolvida com o crime organizado

ver mais notícias