Prefeitura retira barracos construídos em área de risco

retibarracos-2A Prefeitura de Manaus retirou na manhã desta terça-feira, 22, aproximadamente 30 barracos que foram construídos em uma área de risco na zona Leste da cidade. O terreno localizado na rua A, comunidade Santa Inês, bairro Jorge Teixeira, foi recuperado pelo estado mas continua sendo impróprio para construção.

“É uma encosta recuperada, minimizou o risco, mas não pode ser habitada porque com descarte de lixo e água servida, o barranco pode voltar a deslizar. Estamos aqui evitando desastres”, explicou o secretário executivo de proteção e defesa civil, Cláudio Belém.

A ocupação irregular para a criação de uma feira foi identificada ainda em outubro durante uma vistoria de rotina da Defesa Civil de Manaus que monitora áreas de risco da capital, os ocupantes foram notificados da retirada, e hoje já haviam desocupado os barracos.

Além dos barracos, foi demolida uma casa que já estava em fase final de construção no terreno.

“A declividade desse terreno é acentuada e qualquer interferência externa pode resultar sim no desbarrancamento. Todos eles sabem que aqui não pode ser construída nenhuma residência. Vamos continuar monitorando locais como esse para evitar novas ocupações de área de risco”, concluiu Belém.

A ação de retirada da feira irregular e da casa que estava sendo construída em cima do barranco foi coordenada pela Casa Militar por meio do Gabinete de Gestão Integrada e Defesa Civil de Manaus, e contou com a participação da Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Infraestrutura (SEMINF), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMMAS), Instituto de Ordem Social e Planejamento Urbano (IMPLURB), Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e Eletrobrás Amazonas Energia.

 

Fotos: Altemar Alcântara / Semcom

ver mais notícias