CM7

     
 
 
Manaus, 17 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Cidades / PL que proíbe flanelinhas em vias públicas de Manaus tem parecer favorável da Comissão de Justiça na CMM

PL que proíbe flanelinhas em vias públicas de Manaus tem parecer favorável da Comissão de Justiça na CMM

Da redação | 10/11/2016 00:09
O fim do exercício da ‘profissão’ pode acontecer nos próximos dias, caso o PL 131/2014 seja aprovado pela maioria dos vereadores. A medida pode ser votada a qualquer momento na CMM - foto: Marcio Melo

O fim do exercício da ‘profissão’ pode acontecer nos próximos dias, caso o PL 131/2014 seja aprovado pela maioria dos vereadores. A medida pode ser votada a qualquer momento na CMM – foto: Marcio Melo

“As atividades ilegais de guardadores e lavadores de carro, conhecidos como ‘flanelinhas’, estão com os dias contatos”. É o que afirma o vereador Ednailson Rozenha (PSDB), após o Projeto de Lei (PL) 131/2014, de sua autoria, receber parecer favorável na 2ª Comissão de Constituição e Justiça Regional (CCJR) da Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta quarta-feira (9).

 

O fato repercutiu nas redes sociais, após a divulgação de uma publicação com a imagem do vereador Mário Frota (PHS), presidente da CCJR, na qual o parlamentar comemora o parecer favorável do PL.

Ednailson Rozenha aproveitou a ocasião para comemorar o feito e mandar um recado para todos os cidadãos, principalmente os motoristas. “Aprovamos por unanimidade o parecer favorável da CCJR ao PL que, praticamente, proíbe a atividade de flanelinhas nas vias públicas da nossa cidade. Agora falta pouco para a nossa gente poder estacionar em paz, sem ser coagido e ameaçada por ninguém”, afirmou o parlamentar.

O fim do exercício da ‘profissão’ pode acontecer nos próximos dias, caso o PL 131/2014 seja aprovado pela maioria dos vereadores. A medida pode ser votada a qualquer momento na CMM.

Relembre o caso

Nesta última terça-feira (8), o Portal EM TEMPO noticiou a tramitação do projeto na Câmara Municipal de Manaus (CMM) e o caso ganhou grande repercussão. Por meio do Facebook, muitas pessoas deram opiniões positivas sobre a aprovação do PL e classificaram de forma negativa a atuação dos ‘flanelinhas’.

O motorista Jander Colares denunciou que em todas as ruas do Centro da cidade, Zona Centro-Sul, flanelinhas cobram por estacionamento de veículos em locais públicos.
“Quem quer ir fazer compras não tem onde estacionar, pois eles colocam latas, madeiras e pedras nas vagas livres. E quando tem show na Arena da Amazônia, Zona Centro-Oeste, eles cobram, antecipadamente, o valor de R$ 20 para estacionar. Tem que por ondem na casa mesmo”, informou.

James Moraes, leitor do Portal EM TEMPO, justifica que o trabalho do flanelinha não garante a integridade do veículo. “Se tentarem roubar o carro, o que o flanelinha vai fazer? Vai pegar a identidade do ladrão? Não, não vai fazer nada, pois não é polícia. Prefiro pagar um estacionamento rotativo do que dar dinheiro para vagabundo não fazer nada”, destacou.

Em meio as críticas, outro leitor, identificado como Gibson Sodré, avalia como ‘belo’ o PL, mas na prática teme que, infelizmente, não se concretize. “No campo das ideias, ele funciona perfeitamente, mas com o aparato que temos, atualmente, torna-se impossível a fiscalização dessa prática. É esperar e torcer para dar certo”, finaliza.

Associação defende flanelinhas

Sobre este assunto, Henrique Santos, presidente da Associação dos Guardadores e Lavadores do Estado do Amazonas (Aglam), informou à equipe de reportagem do Portal EM TEMPO que pretende reunir com o prefeito reeleito, Arthur Neto (PSDB), para estabelecer estratégias que possam realocar em locais autorizados os trabalhadores filiados à entidade. O objetivo é que a renda dos profissionais não seja afetada com a aprovação do PL.

Flanelinhas tomaram o Centro de Manaus nos últimos anos - foto: Marcio Melo

Flanelinhas tomaram as princiais ruas e avenidas do Centro de Manaus nos últimos anos – foto: Marcio Melo

“Sabemos da falta de emprego e dinheiro que atualmente existe na cidade. São muitas pessoas recorrendo aos serviços de guardador de carro, justamente, para tentar um sustento. É importante frisar que existem 1223 trabalhadores cadastrados em nossa associação, todos devidamente identificados e regulares com a lei”, destacou.

Isac Sharlon
Portal EM TEMPO


Notice: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home/portalcm7/public_html/wp-includes/functions.php on line 4023
Voltar Avançar
Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA