Manifestação interdita ponte do São Jorge

Na manhã desta quarta-feira, por volta das 8h, um grupo interditou a Av. São Jorge em protesto contra o governo. São moradores da Comunidade Arthur Bernardes que perderam suas casas após um incêndio em 2012 no local. Desde então, eles recebem aluguel social e um auxílio finananceiro. Os moradores, que já haviam se manifestado no começo deste mês de abril, reclamam do atraso nos benefícios e na demora para a recolocação dos mesmos.

No protesto do dia 06 de abril, a Secretaria de Comunicação do Estado confirmou os benefícios recebidos e afirmou que até o fim de abril, 91 famílias serão indenizadas pela Superintendência de Habitação do Amazonas. Outras 1.134 famílias já foram reassentadas. Ainda informou que as demais indenizações serão de acordo com a disponibilidade orçamentária e que os moradores estão incluídos no cronograma de obras do Prosamim no igarapé da Cachoeira Grande. As obras devem recomeçar até o primeiro semestre deste ano. O projeto é que 512 apartamentos sejam construídos através do programa Minha Casa, Minha Vida.

O trânsito no local até mais cedo estava parado, porém uma equipe do ManausTrans já se encontra na rua para guiar uma melhor saída para os veículos.

ver mais notícias