Mais de 300 pessoas são atendidas em caravana do consumidor da OAB-AM

A Ordem dos Advogados do Brasil seccional Amazonas (OAB-AM) realizou neste sábado (28) uma caravana de serviços a favor dos consumidores amazonenses na Escola Estadual Gabrielle Cogels, no Puraquequara. Realizada por meio da Comissão de Defesa do Consumidor, o evento atendeu mais de 300 pessoas com o auxílio de parceiros como a Justiça Itinerante, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL) e a Câmara Municipal de Manaus.

O evento teve início às 8h e encerrou às 12h. A Comissão de Defesa do Consumidor realizou atendimentos ao público referente à relação entre prestadores de serviços e clientes. Segundo o presidente do grupo, Marco Salum, a caravana visa alcançar aqueles que necessitam de esclarecimentos juríficos.

“Muitas pessoas não têm a real noção de quais são os seus direitos como consumidores e acabam tendo suas seguranças violadas. Queremos estar próximos da sociedade para evitar que situações dessas aconteçam”, contou.

Durante o evento, a CDL realizou palestras sobre economia familiar e dicas de consumo, além de verificar a situação no Serasa. A Justiça Itinerante, em nova parceria com a OAB-AM desde o mês passado, realizou a emissão de documentos.

Cerca de 40 pessoas receberam atendimento jurídico gratuito em parceria com a Comissão Pro-Bono. Segundo a presidente do grupo, Adriane Magalhães, quatro advogados voluntários receberam demandas populares referentes a questões de pensão alimentícia e casos criminais. 

“Muitos desses casos familiares, e até de violência, não são atendidos porque algumas pessoas não têm condições de pagar um advogado. Para nós, fazer esse trabalho voluntário é extremamente gratificante, sabendo que estamos ajudando as pessoas”, contou.

A caravana se prepara agora para chegar ao bairro Gilberto Mestrinho no dia 30 de junho. Segundo Salum, o objetivo é conscientizar a população sobre direitos e responsabilidades como consumidor.

“Nós queremos dar nossa contribuição à sociedade, ao mostrar cada vez mais que estamos abertos e queremos sair das paredes da sede, e ir em busca de proporcionar uma qualidade de vida à sociedade como um todo”, afirmou.

– See more at: http://oabam.org.br/site/noticia?id=796#sthash.JoTwdjb4.dpuf

ver mais notícias