Jovem morre dentro da casa de show 'All Night Pub' suspeita-se de overdose

ana-lisboa-reprodA estudante de dança Ana Lisboa, 20, morreu na madrugada deste domingo (4) dentro do All Night Pub, uma casa de show localizada na avenida Ephigênio Salles, Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus. A suspeita é de que a jovem tenha sofrido uma overdose após terem colocado drogas na bebida que ela ingeria na festa.

 

De acordo com relatos de uma amiga da vítima, que não quis se identificar, os amigos que estavam com ela na ocasião estão se esquivando de darem maiores detalhes sobre o que, de fato, aconteceu nas horas em que Ana estava na casa de show.

“Eles só dizem que não a viram usar qualquer tipo de droga e que ela estava bebendo com um rapaz”, disse a amiga, também revelando que, em uma rede social, a moça chegou a publicar vários vídeos ainda na festa. “Quem deve saber de mais coisa é a mãe dela. Ela conseguiu a senha e desbloqueou o celular da Ana e viu algumas conversas”, completou a amiga.

A mãe da jovem, Anna Paula Lisboa, 42, abalada com a perda da filha, disse que a morte da filha ainda é um mistério. “Eu não estou em condições de falar. Mas, já ficamos sabendo que a mesma pessoa que veio buscá-la em casa, por volta da meia-noite, é a mesma quem a levou para o hospital, mas ela não foi nem ao velório e nem ao sepultamento da minha filha. Ela vai ter que falar alguma coisa”, disse.

all-night-reprod

foto: reprodução/Facebook

O sócio-proprietário da casa de show disse que está dando toda assistência aos familiares que, inclusive, já tiveram acesso às imagens – 

O sócio proprietário do All Night, Rodrigo Silva, confirmou que Ana começou a passar mal ainda nas dependências da casa de show e, por volta das 4h30, teve assistência da equipe do local – preparada para realizar os procedimentos de primeiros socorros – e que, às 5h deixou a casa. Ele não soube precisar para onde Ana foi levada.

“A equipe não soube identificar se havia alguma substância na bebida dela. Nós estamos prestando apoio em tudo, inclusive, os familiares já estiveram aqui para ver as imagens do circuito interno das câmeras”, contou Rodrigo.

O laudo da biópsia feita em Ana deve sair em, pelo menos, 15 dias, segundo o irmão da vítima, César Pereira. No livro de ocorrências do Instituto Médico Legal (IML), a morte de Ana está caracterizada como “não identificada”.

ver mais notícias